Por que colecionar?!

Colecionar e conexões

“Sempre tentei entender o que é que faz uma pessoa querer colecionar coisas…

Cartas, carros, canetas, canecas, quadros, bolinhas, imãs, tampinhas, postais, porquinhos, papéis de carta…. Pottis!

Hoje eu entendo. Esses pequenos grandes objetos são capazes de nos transportar no tempo e nos mostrar filmes da nossa própria história. Eles acessam sem pedir licença lugares na nossa mente que estavam esquecidos; desconectados. Por um razão ou outra, não importa. Talvez seja para abrir espaço para novas histórias.

Esses objetos que colecionamos tornam tangível, o intangível. Eles são chave de entrada para  um mundo que não existe mais.

Sempre colecionei quando criança e depois que virei adulta não consegui encontrar razão naquele hábito continuo sem um objetivo. E bem que os livros avisaram… adulto é um bicho estranho, rs.

 

Uma vez escutei: “cuidado com o que deseja, pode se realizar”.  Quando era criança queria ser adulto. Agora, estou morrendo de medo de esse sonho realizar.

Será que posso desistir? Ainda deve estar em tempo e acho que minhas coleções podem me ajudar. Porque agora descobri, entendi tudo! Cada Potti tem um segredo pra contar, um segredo meu, e de mais ninguém – chave certa não abre fechadura errada – e, como dizia a Mafalda,  a chave da felicidade tem seu tamanho e formato para cada um.

 

Minha coleção de Pottis é assim, uma conexão. A chave para uma das minhas muitas felicidades.”

 

 

Luiza Borges

Diretora Executiva e Designer Potti Romã



Deixe uma resposta