Como evitar a traição?

como evitar traicao

O medo da traição assola diversos relacionamentos. Você já se perguntou, em algum momento, se o seu parceiro ou parceira está tendo um caso com outra pessoa?

Essa é uma preocupação muito comum, mas a solução para ela está no próprio relacionamento. Para que um casal não passe por todas essas preocupações, é preciso garantir o companheirismo e a sinceridade dentro de casa.

Que tal entender um pouco mais sobre isso e aprender a evitar a traição?

 

O que é traição?

Essa é uma das perguntas mais complexas de serem respondidas. Cada pessoa enxerga a traição de uma forma.

É fundamental conversar com o seu parceiro sobre o tema e tentar focar mais nos dois, em vez de se preocupar muito com o que acontece no mundo externo. O diálogo dentro do relacionamento é fundamental para que a relação não se desgaste.

 

A perda da individualidade

Entender a individualidade do casal é fundamental. Mesmo que ao firmar um relacionamento seja iniciada uma vida à dois, é preciso se lembrar que cada um possui seu momento e precisa do seu tempo.

Entender que cada um tem seus momentos é fundamental para não invadir o espaço do outro – fator comum de brigas dentro dos relacionamentos.

 

Diálogo é fundamental

A primeira, e principal, dica é manter o diálogo dentro de casa. A conversa irá ajudar a resolver os problemas e até impedir que eles apareçam.

Estimular o diálogo é, também, estimular a empatia entre as pessoas. Durante uma conversa onde seu parceiro ou sua parceira estiverem expondo algo incômodo, é fundamental que você tente se colocar no outro lado da história, entendendo os motivos que levaram a pessoa a se incomodar.

Um dos erros mais comuns é o “ouvir” mas não “escutar”. Saia da defensiva e se permita realmente entender o que o outro quer dizer. Não significa que você precisará concordar com tudo (afinal, o diálogo existe justamente para encontrarem o meio termo), mas é preciso que você se coloque em posição de ouvinte.

 

Não caia na rotina

Outro erro muito comum dos casais é cair na rotina. Por mais que o amor seja imenso, é preciso garantir coisas novas de tempos em tempos.

Não deixe de ir ao cinema, passear no parque, um restaurante diferente ou fazer algum outro tipo de passeio que os dois realmente gostem.

Trabalhem sempre para, pelo menos duas, três vezes ao mês, se possível, fazerem algo do tipo.

É muito fácil encontrarmos casais que, após um certo tempo de relacionamento, passaram a fazer exatamente as mesmas coisas todos os dias/fins de semana. Essa rotina, por mais confortável que seja, não costuma ser muito saudável – é preciso se permitir se surpreender também com o parceiro.

 

Companheirismo é importante!

Coisas simples como conversar sobre como foi o dia, abrir planos e a ajuda mútua são fundamentais para fortalecer o companheirismo. Um casal feliz e saudável é um casal companheiro. Isso significa confiar e ser amigo, antes de qualquer outra coisa.

Permitam-se conversar sobre como foi o dia, como foi o trabalho, quais são os objetivos de cada um, planos para o futuro, e trabalhem mutuamente para se ajudar!

Afinal, uma vida a dois é um trabalho em dupla – é preciso que os dois lados estejam interessados e comprometidos com a relação.

 

Aumente a conexão

Por último, mas não menos importante, aumentar a conexão também é muito importante. Nesse momento, assim como o “não cair na rotina”, é preciso fazer coisas diferentes que estimulem o contato do casal.

Um exemplo claro – e delicioso – é cozinhar junto! No fim de semana, por exemplo, escolham um prato e permitam-se preparar o almoço juntos. Esse tipo de situação auxilia no aumento da conexão, que irá se ligar diretamente ao aumento do companheirismo, sair da rotina e, por consequência, também estimulará o diálogo.

O diálogo é ponto fundamental para um relacionamento saudável. O casal precisa se permitir conversar sobre qualquer coisa e, mais do que isso, se importar em ouvir o outro. Que tal começar a colocar isso em prática em casa?

 

Indicamos um TED Talks que fala sobre o assunto <3 – Clique aqui pra ver.

 



Deixe uma resposta